Mix de produtos: a importância de saber escolher o seu

Empreender no varejo é um desafio diário e que precisa de estudo de negócio para que o crescimento da sua loja seja constante. Uma estratégia para ampliar sua marca e atrair novos clientes é a criação de um mix de produtos. Já ouviu falar por aí, certo? Mas, sabe como funciona?

Basicamente, é uma forma de oferecer mais opções de compra aos seus clientes. Embora pareça algo simples, escolher um bom mix de produtos exige muita análise, cautela e estratégia.

Mas, não se preocupe! Estamos aqui para ajudar você a entender como funciona esse processo e como escolher o seu. Acompanhe!

O que é mix de produtos e qual a sua importância?

O termo “mix”, em tradução livre do inglês, diz respeito a “misturar”. Em uma visão comercial, isso pode ser visto como o ato de realizar combinações que possam contribuir com um objetivo final. Ou seja, trata-se da criação de uma variedade de produtos com o objetivo de maximizar ganhos e reduzir riscos de perdas.

Em resumo, um mix de produtos é o processo de variar o que é ofertado na sua loja. No entanto, isso deve estar relacionado ao conhecimento de público e a um planejamento. Não se trata de oferecer uma infinidade de coisas sem uma estratégia e sem que atendam ao real interesse dos consumidores.

A importância de criar um bom mix de produtos está em ofertar novas tendências, atingir novos públicos e suprir outras diferentes necessidades dos consumidores já fidelizados. É uma forma de ampliar sua atuação no varejo, aumentar sua posição na competitividade e fidelizar mais clientes.

Além disso, é uma ótima estratégia para aumentar a lucratividade das suas vendas, pois, ao ampliar sua atuação no mercado e fidelizar mais clientes, sua loja cresce e a lucratividade também.

Devo trabalhar com mais de uma categoria ou devo focar em uma só?

Se estamos falando sobre a importância de criar um mix de produtos para ampliar sua atuação no mercado e aumentar a lucratividade, você também deve considerar trabalhar com mais de uma categoria.

O mix de produtos está relacionado às categorias da sua loja, que representam um panorama geral do nicho de vendas. E é preciso entender que existem as categorias e as subcategorias.

Por exemplo, é possível trabalhar com produtos eletrodomésticos e, dentro desse nicho, criar subcategorias de produtos para a cozinha, como liquidificadores, processadores, batedeiras, etc., e outra de produtos de beleza, como secadores de cabelo, chapinha e modeladores.

Quando você trabalha com mais de uma categoria (e subcategorias), amplia seu leque de produtos e ajuda seus clientes a não precisarem, por exemplo, procurar em outra loja algo que o seu negócio poderia oferecer. Isso tudo, claro, analisando o comportamento e a necessidade do seu público-alvo.

Como escolher um mix de produtos?

Para criar um bom mix de produtos é preciso planejamento e estratégia. Ou seja, não se trata de uma ação realizada sem pesquisa de mercado e conhecimento de público, como já mencionamos.

No Dropify, por exemplo, você tem disponíveis mais de 10 mil produtos para vender em seu site ou marketplace, o que é bastante opção, certo? Isso significa que você vai escolher todos para a venda? Não. O que você precisa, antes de montar o seu mix de produtos, é:

Conhecer seu público

Para qualquer tipo de estratégia o conhecimento de público é fundamental. Você precisa conhecer seu público para entender quais são suas necessidades e dores.

Escolher um bom mix de produtos depende inteiramente de conhecer quem são os seus consumidores. Dessa forma, é possível saber o que eles mais consomem para traçar objetivos de novas opções a oferecer.

Se atentar às tendências de mercado

Estar sempre de olho nas tendências de mercado é ideal para todo tipo de negócio. Nesse sentido, é preciso se atentar aos concorrentes que, assim como você, também desejam aumentar sua atuação no varejo.

Algo que pode influenciar no seu mix de produtos são os novos produtos que seus concorrentes principais estão oferecendo. Então, fique de olho com o objetivo de buscar ideias inovadoras e itens diferenciados para deixar sua marca mais exclusiva.

Analise suas estatísticas

Outro passo fundamental na escolha de um bom mix de produtos é estar sempre analisando as estatísticas de venda da sua loja. Afinal, elas devem evidenciar os produtos que mais vendem, o tipo de consumidor que você tem como cliente e seu padrão de consumo.

Por exemplo, será que compram mais em alguma data específica? O que procuram mais em cada época do ano? Quais itens não estão tendo boa saída? São questões que você precisa observar para que contribuam com sua estratégia de oferecer outras opções de compra.

Considere os produtos relacionados

Uma dica infalível são os produtos relacionados. Um bom mix de produtos não é sobre vender coisas totalmente diferentes e sim oferecer variedades como opção de compra. Por isso, atente-se à coerência de seu catálogo para não gerar impacto negativo em vez de positivo.

Os produtos relacionados ajudam você a ampliar a atuação no mercado e a manter a identidade do seu empreendimento. Por exemplo, se você vende o Mop Giratório, que está em alta, por que não oferecer também outros produtos de limpeza? É muito provável que haja interesse mútuo dos consumidores nas duas ofertas.

Concluindo, guardamos a melhor dica para o final: trabalhando com a Dropify você conta com uma lista de mais de 10 mil produtos para criar o mix ideal para sua loja, como já mencionamos, certo? Agora vem a melhor parte: você não precisa estocá-los.

Já pensou em oferecer produtos na sua loja e não precisar se preocupar com um estoque e nem com as entregas? Veja as vantagens de utilizar a Dropify e comece a vender agora mesmo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *